Sistema Nervoso Central

          Constituído por encéfalo e medula espinal.

          O encéfalo aloja-se no crânio enquanto a medula aloja-se no canal raquidiano, no interior da coluna vertebral. Ambos são protegidos por membranas chamadas de meninges, a pia-máter (interna), aracnoide (intermediária) e dura-máter (externa) e por um líquido chamado de líquor ou líquido cefalorraquidiano ou LCR.

         O encéfalo humano divide-se em prosencéfalo, mesencéfalo e rombencéfalo, característicos da evolução dos vertebrados, mas na prática divide-se em cérebro, cerebelo, ponte, pedúnculos cerebrais e bulbo, também chamado de medula oblonga.

 

          Considera-se que o cérebro é a parte principal, para o qual convergem os impulsos sensoriais.

      O peso cerebral médio, nos adultos, é de 1,40 kg nos homens e de 1,26 kg nas mulheres. Dividido ao meio em dois hemisférios por uma linha profunda, a fissura sagital tem, na superfície de cada um desses hemisférios duas outras linhas, a fissura de Sylvius, ou sulco lateral, e a de Rolando, ou sulco central que delimitam quatro lobos: frontal, parietal, temporal e occipital.

      A massa cerebral compõe-se da substância branca, mais interior, formada por fibras neuronais (axônios e dendritos) recobertas de mielina, um material lipoprotéico que envolve essas fibras e aumenta a velocidade de transmissão dos impulsos nervosos; e a substância cinzenta, mais exterior, formada pelos corpos celulares dos neurônios, é um tipo de envoltório chamado de córtex cerebral.

       Situado em posição posterior e inferior do cérebro está o cerebelo, principal órgão responsável pela coordenação motora. Constituído de uma parte central, ou vermis, e dois lobos ou hemisférios.

         A ponte, que une cérebro, cerebelo e bulbo, situa-se na parte inferior do encéfalo e compõe-se de diferentes planos de fibras nervosas longitudinais e transversais.  

       O bulbo faz a transição entre o encéfalo e a medula. Nele se entrecruzam (ou decussam) as fibras nervosas que chegam o cérebro, razão pela qual as funções reguladoras do lado direito do corpo são controladas pelo lobo cerebral esquerdo e as correspondentes ao lado esquerdo, pelo lobo direito.

       Do bulbo nasce a medula espinal ou raquidiana, um cordão nervoso cilíndrico que se prolonga pelo interior da coluna vertebral até o extremo do osso sacro. O cordão medular consta de um núcleo central de substância cinzenta, com característica disposição em forma de X, envolto numa massa cilíndrica de substância branca. A substância cinzenta se ramifica a partir da medula para formar as raízes dos nervos raquidianos.

       Os nervos representam a unidade fisiológica fundamental do sistema nervoso. Eles se originam nos dois componentes básicos do sistema nervoso central: o cérebro e a medula espinal.

Os 12 pares de nervos cranianos:

I - olfativo

II - óptico

III - oculomotor

IV - troclear

V - trigêmeo

VI - abducente

VII - facial

VIII - acústico ou vestibulococlear

IX - glossofaríngeo

X - vago

X I- acessório

XII - hipoglosso

 

Os nervos que se originam da medula espinal são responsáveis pela inervação sensitiva e motora do restante do organismo:

Endereço

Telefone1 : +5516992378888 

Telefone 2: +5516992370309

Emai: narcisapavan@gmail.com

Fale Conosco

© 2013. Narcisa Pavan desenvolvido por Marcos Roberto

  • youtube_icon.png